Lindsay.com Menu

Arroz

Arroz

Os pivôs centrais Zimmatic reduzem significativamente o consumo de água em relação à irrigação por inundação ou por sulcos. Consulte o estudo de caso sobre o quanto pode ser economizado. Entre as vantagens dos pivôs ou laterais em relação à irrigação por inundação destacam-se:

  • Economia de mão-de-obra
  • Economia de água significativa consequentemente, economia de energia para bombear a água
  • Capacidade de aplicar produtos químicos/fertilizantes através do pivô, proporcionando uma aplicação mais eficaz sempre que necessário
  • Redução do habitat de mosquitos

 

Produção

O mapa do terreno em um campo em Osceola, Arkansas (Figura 1) exibe uma área de areia argilosa que atravessa o campo longitudinalmente para impedir que o campo contenha inundações provocadas por tempestades durante a produção do arroz tradicional. O círculo vermelho demarca a área aproximada do campo irrigado por um pivô central Zimmatic.

 

Na metade sul do campo foi plantado arroz, o qual foi irrigado com um pivô central Zimmatic.  Um mapa de rendimento feito a partir de um dos dois combinados utilizados para fazer a colheita no campo (Figura 2) mostra a excelente uniformidade da cultura de arroz resultante.  As variações na produção de arroz não indicam padrões relacionados com a aplicação de água pelo pivô central (as quais seriam exibidas como arcos ou bandas através do campo). 

 

O exame minucioso dos dados revelou que a produção do arroz aumentou na proporção em que a textura do solo tenha se tornado mais leve (Figura 3).  O maior rendimento de 10,6 toneladas/ha foi registrado no solo de textura mais leve (Covent argila fina arenosa).  Estes resultados mostram que o arroz cultivado com o uso do pivô central pode ter rendimentos iguais ao do arroz cultivado em campos inundados tradicionais.

 

Mão-de-obra

Os sistemas de irrigação automática com pivô permitem a economia de mão-de-obra. Além de serem automáticos, com eles é possível fazer o monitoramento e controle por meio do sistema de telemetria FieldNET. Os pivôs também podem aplicar fertilizantes facilmente, eliminando o custo da aplicação aérea de nitrogênio. Além da economia na mão-de-obra de irrigação, a Universidade de Arkansas demonstrou uma economia adicional nas seguintes áreas:

•             Diques para pesquisas

•             Diques "pull"

•             Instalação de comportas de diques

•             Remoção de comportas de diques

•             Derrubada de diques

•             Mão-de-obra de irrigação

•             Reparo e manutenção

 

E se a sua terra for recém-adquirida, a utilização de pivôs poupará os custos do levantamento inicial do terreno, do nivelamento a laser e outros custos relacionados à preparação das terras.

 

 

Água

Os sistemas automáticos de irrigação central com pivô fornecem a quantidade exata água necessária e no momento preciso para a plantação de arroz.  Muitos produtores de arroz da Austrália, Brasil e EUA já constataram uma economia de água de 20% a 50%, com a irrigação por pivô central em comparação com a irrigação por inundação tradicional.  Isso é obtido através do controle automatizado e dos pacotes de aspersores especialmente projetados.  Isto é especialmente verdadeiro em virtude de o arroz ser uma cultura de raiz muito superficial, assim as aplicações copiosas de água podem causar problemas.  A irrigação do arroz com pivô agora torna possível o cultivo de arroz em campos mais arenosos, onde não era possível utilizar a irrigação por inundação.

 

Energia

Estudos de casos com pivô de irrigação indicam uma economia de água de 20-50% em comparação com a irrigação por inundação. Como a água precisa ser bombeada, existe uma correlação entre a economia de água e de energia. O estudo de caso de Michael McCarty realizado em Osceola, Arkansas, EUA demonstrou uma economia de energia de 37% para uma economia de água de 21%.

 

Através da combinação de pivôs centrais Zimmatic com as estações de bombeamento Watertronics para a irrigação de arroz, uma eficiência ainda maior pode ser alcançada. Somente a Lindsay oferece o sistema FieldNET com Controle de Bomba integrando os pivôs e bombas em um sistema de controle. Este produto exclusivo liga e desliga as bombas conforme as alterações de demanda, enquanto aumenta a vida útil das bombas individuais. Cada estação de bombeamento é personalizada para um projeto de irrigação específico além de ser testada na fábrica para garantir sua confiabilidade no campo.

 

Flexibilidade

O cultivo de arroz com a irrigação de pivô comparado a métodos tradicionais de irrigação por inundação apresenta muitos outros benefícios adicionais, além da economia de energia, água e mão-de-obra. Um dos maiores benefícios é a flexibilidade adicional para suas operações agrícolas e o potencial de mercado. Os benefícios e as possibilidades incluem:

 

•             O cultivo do arroz em solos mais leves que não aceitam a irrigação por inundação tradicional

•             A abertura de novas áreas, tais como campos em declive ou terrenos acidentados para o cultivo               de arroz

•             A rotação do arroz com outras culturas para melhorar a condição e a fertilidade do solo

•             A flexibilidade de rotação de culturas diferentes para atender às demandas do mercado

•             A eliminação da necessidade de formação de charcos, reduzindo as necessidades da lavoura

•             As chuvas no início da temporada estarão menos propensas a inundar o arroz germinado             (semeadura direta)

•             Os campos secarão mais cedo - no início da colheita

•             Redução de desgaste nas máquinas

 

Meio ambiente

O uso de pivôs para a irrigação de arroz em relação à irrigação por inundação oferece muitos benefícios ambientais positivos. Dentre os principais destacam-se:

 

•             Utilização de menor quantidade de água, um valioso recurso

•             Eliminação de habitats para mosquitos portadores de doenças

•             Redução das emissões de gases de efeito estufa, comuns em campos alagados

•             Menos bombeamento implica menos consumo de energia e redução de emissões

•             Permite a rotação de cultura, intensificando a salubridade do solo

 

Dentre os elementos essenciais para a irrigação de arroz bem sucedida com pivô, destacam-se:

•             Uso de melhores variedades genéticas de arroz

•             Uma programação de quimigação/fertirrigação abrangente

•             Uso do pacote de aspersão adequado, projetado para o arroz de irrigação

•             Rotação de culturas

•             Novas soluções de rastreamento para melhor flutuação quando necessário

•             Controle remoto e monitoramento de pivôs para a economia de mão-de-obra e de água

 

Quimigação/Fertirrigação

O gerenciamento de recursos químicos e de fertilizantes para o arroz nunca foi tão simples com a linha GrowSmart de sistemas de injeção. O uso de um pivô para aplicar fertilizantes e produtos químicos apresenta muitas vantagens, dentre elas:

  • Aplicação uniforme e precisa de produtos químicos e fertilizantes
  • Incorporação fácil e automática e ativação dos produtos químicos
  • Uso potencial de quantidades menores de produtos químicos e custos de aplicação reduzidos quando comparados com o arroz com casca irrigado por inundação
  • Redução de erros do operador e de riscos potenciais ao meio ambiente devido à menor concentração de produtos químicos. Redução da manipulação de produtos químicos, da lixiviação química potencial e do escoamento.